Entrar | Abrir Conta | | Cadastrar Hospedagem

Indoviajar

Florianópolis

Florianópolis

Esta funcionalidade de impressão dos nossos Guias de Cidades e de Hospedagens está sendo aprimorada para que você obtenha maior qualidade e usabilidade de nosso material.
Em breve esta funcionalidade estará ativa em nosso Portal.

Esta funcionalidade de Favoritos dos nossos Guias de Cidades e de Hospedagens está sendo aprimorada para que você obtenha maior qualidade e usabilidade de nosso material.
Em breve esta funcionalidade estará ativa em nosso Portal.

Diminui TextoDiminui Texto

Os índios Carijós da nação Tupi-guarani foram os primeiros habitantes da região de Florianópolis



HISTÓRIA DE FLORIPA
Ponte Hercilio Luz em 1960.
Ponte Hercilio Luz em 1960.
Florianópolis nos anos 60
Florianópolis nos anos 60
Os índios Carijós da nação Tupi-guarani foram os primeiros habitantes da região de Florianópolis. Os traços de sua presença são constatados através de sítios arqueológicos e sambaquis com registros de até 4.000 anos.

Os índios chamavam o local de Meiembipe ou montanha ao longo do canal. Por volta de 1514 os portugueses aportaram e deram à região o nome de Ilha dos Patos, porém este batismo foi suplantado pelos espanhóisque notando o desinteresse de Portugal pela região, decidiram investir na conquista do Atlântico Sul e em 1526 rebatizaram o local com o nome de Ilha de Santa Catarina.

A região servia apenas para que as embarcações que se dirigiam à Bacia da Prata nela abastecessem suas naus. Dessa maneira, o povoamento oficial da ilha começou em 1673 com a chegada da empresa agrícola do bandeirante Francisco Dias Velho e continuou em 1678 com a construção de uma capela consagrada à Nossa Senhora do Desterro. Nesse momento uma vila começou a tomar forma, adquirindo aos poucos um aspecto colonial.

Para garantir seu domínio a Coroa Portuguesa elevou em 1714 a Ilha de Santa Catarina à categoria de freguesia com o nome de Nossa Senhora do Desterro e já em 1726 elevaram-na novamente, agora à categoria de Vila.

A partir desta data a Vila do Desterro e, principalmente, o porto desterrense passou a ter função estratégica pois achava-se a meio caminho entre Rio de Janeiro e Buenos Aires, consideradas na época as duas maiores cidades litorâneas da face atlântica da América do Sul. Por este motivo em 1738 foi criada a Capitania da Ilha de Santa Catarina e começou a ser erigido o mais expressivo conjunto defensivo litorâneo do sul do Brasil.

Foram construídas as fortalezas de Santa Cruz, São José da Ponta Grossa, Santo Antonio e de Nossa Senhora da Conceição da Barra do Sul.

Com o advento da Capitania a população começa a aumentar, porém o grande salto populacional acontece entre 1747 e 1756 com a chegada de cerca de 6.000 colonizadores procedentes do Arquipélago dos Açores e da Ilha da Madeira. Com esta ocupação açoriana acontece o desenvolvimento da agricultura, da indústria manufatureira de algodão e linho e do comércio.

Em 1823, ainda no período monárquico, Desterro tornou-se Capital da Província de Santa Catarina abrindo um período de prosperidade com muitas obras urbanas e também com uma intensa organização política. No começo da República brasileira, elites regionais inconformadas com a centralização do governo, deflagram a Revolta Federalista.

O movimento que começou no Rio Grande do Sul, espalhou-se por Santa Catarina e tornou Desterro a capital federalista da República. O então presidente do Brasil, Marechal Floriano Peixoto, conhecido como Marechal de Ferro, sufoca a rebelião e manda fuzilar muitas pessoas, consideradas inimigas, na fortaleza da ilha de Anhatomirim.

Para mostrar lealdade ao marechal foi aprovado em 1894, a troca do nome da capital do Estado, que passou de Desterro para Florianópolis, ou seja, cidade de Floriano. Mas hoje, o nome Florianópolis desvinculou-se completamente de sua origem, sintetizando em sua essência a beleza, paz e harmonia.

Em Florianópolis, a capital com melhor qualidade de vida do Brasil, o moderno une-se ao histórico e ambos aliados à natureza preservada compõem um cenário pleno de emoção e harmonia.


seta_indicadora Última Atualização: 15/12/2011 as 12:06:58

Escreva seus próprios comentários sobre Florianópolis

Compartilhe as suas experiências!


Florianópolis - Santa Catarina


Avaliação do IndoViajar
Litoral do Estado de Santa Catarina
População: 396723 hab.
Temperatura Média: 24ºC


Clique para Abrir Galeria de Fotos

Link

Tags

Outros

Interaja com outros visitantes
| Envie suas Fotos |
Faça seus comentários |

Galeria de Fotos de Florianópolis

FLORIANÓPOLIS

Qual a melhor época para visitar Florianópolis?
Você pode visitar Florianópolis em qualquer época do ano. No verão (Dez-Fev), quando as temperaturas atingem 40ºC, Florianópolis torna-se o ambiente ideal para a prática de esportes náuticos, caminhadas, sandboard, mountan-bike entre outros.

No outono (Mar-Mai) as temperaturas mais amenas e o menor movimento de turistas transformam a ilha no local perfeito para quem busca sossego e um ambiente mais intimista. O inverno traz com as temperaturas mais baixas um ambiente ainda mais romântico e realça os aromas e sabores da gastronomia local. Na primavera (Set-Nov) a elevação da temperatura é um convite para a volta às praias e para as atividades ligadas a natureza.

promocao

Últimos Estabelecimentos Cadastrados

Armação do Pântano do Sul

POUSADA DROPS DE ANIZ

POUSADA
Até $ 100,00
CENTRO

LINDACAP

OUTROS
Até $ 100,00
Ingleses

Pousada Bella Vista

POUSADA
De $100,00 à $ 150,00

Guia de Hospedagens para Florianópolis

Siga o IndoViajar

  • Facebook
  • Twitter
  • RSS - Feeds
IndoViajar: Principal » Guia de Cidades » SC » Florianópolis  » Os índios Carijós da nação Tupi-guarani foram os primeiros habitantes da região de Florianópolis